19 de out de 2008

Download - Rivais

Compare Pre�os: Rivais

Como todo bom mangá shounen (para meninos), Naruto é recheado de rivalidade saudável – ou não tão saudável assim.

Provavelmente os rivais mais óbvios e declarados da série, brigando verbal e fisicamente desde os tempos de Academia. Uchiha Sasuke é quieto, confiante, e arrogante; Uzumaki Naruto é barulhento, bagunceiro e otimista demais. Além das personalidades conflitantes, Sasuke era o melhor aluno da turma de aspirantes a ninja, enquanto Naruto era o pior. A partir daí, Naruto fixou como objetivo superar o Uchiha. Sasuke era indiferente à situação, mas não perdia uma oportunidade de humilhar o colega. Naruto ficava ainda mais irritado diante do fato de todas as meninas da sala (incluindo Sakura, de quem ele gostava) serem obcecadas pelo outro garoto.
E assim a relação dos dois caminhou, até o fatídico dia em que foram colocados no mesmo time. Convivendo diariamente com a eficiência e a habilidade genial de Sasuke, Naruto ficou ainda mais determinado a superá-lo. Sasuke, por sua vez, assistiu à rápida evolução de Naruto como ninja e acabou tendo a impressão de que ele mesmo não estava ficando forte. Por causa disso, Sasuke se recusou a reconhecer Naruto como seu igual. Esse atrito entre os dois culminou na luta que tiveram no teto do Hospital de Konoha e, posteriormente, na luta no Vale do Fim.
É interessante notar que, apesar das trocas de xingamentos - Naruto costuma chamar Sasuke de teme, uma forma insultuosa de dizer “você” que pode ser interpretada como “bastardo”; Sasuke, por sua vez, chama Naruto de dobe (“idiota”) ou usuratonkachi (“inútil”) – e da tensão cultivada entre eles, Naruto e Sasuke são, na verdade, bons amigos. Os dois são órfãos e conhecem muito bem a solidão, por isso acabaram formando laços com o tempo.

É a dupla de rivais mais estranha da série, já que parece ser meio unilateral. Maito Gai decidiu que Hatake Kakashi seria seu rival e passou a persegui-lo ocasionalmente com desafios para decidir qual dos dois era o melhor. O Copy Ninja é completamente indiferente a essa rivalidade toda (o que só serve para colocar mais lenha da fogueira, já que Gai pensa que essa atitude é exasperadora), mas aceita os desafios sem discussão. Os dois revezam a escolha do tipo de “batalha” a ser travada – o que levou Kakashi a determinar uma delas como a brincadeira Pedra-Papel-Tesoura. O placar da competição está em 50 para Gai e 49 para Kakashi, sem incluir a disputa de quantidade de inimigos derrotados durante a invasão de Suna e Otogakure.

Yamanaka Ino e Haruno Sakura costumavam ser melhores amigas. Extrovertida e confiante, Ino conseguiu melhorar a auto-estima de Sakura e encorajá-la a ser uma pessoa mais segura de si. Sakura, por sua vez, admirava muito a amiga e almejava ser como ela. Tudo isso mudou no dia em que as duas descobriram estar interessadas no mesmo garoto – Uchiha Sasuke. Assim que isso aconteceu, Sakura cortou sua amizade com a loira, dizendo que a partir daquele momento seriam rivais.
Apesar de o atrito entre as duas ficar mais óbvio quando Sasuke entre em cena, a verdade é que há muito mais por trás dessa rivalidade do que um garoto. Sakura não quis mais ficar na sombra da amiga, e Ino afirmou que não perderia para Sakura. Para selar o “acordo”, Sakura devolveu a fita vermelha que Ino havia dado de presente e afirmou que, no dia que lutasse para superá-la, usaria a bandana na testa. De fato, as duas lutaram usando as bandanas na testa durante as preliminares do Chuunin Shiken, no qual empataram e foram desclassificadas.
Em Naruto Shippuuden, a dupla parece ter deixado de lado maior parte da hostilidade e voltado a ser próxima – ambas escolheram ser ninjas médicas, inclusive.
Após ter sua família completamente dizimada e ouvir seu irmão mais velho afirmar que havia sido o assassino, a vingança se tornou o objetivo e a ambição de Uchiha Sasuke. O garoto dedicou sua vida a isso, e foi essa obsessão que o levou a trair a vila e fugir para ser treinado por Orochimaru, ignorando os conselhos e pedidos de seus amigos do Time Sete. Algum tempo antes, Sasuke havia reencontrado seu irmão e falhado na tentativa de matá-lo.
Rock Lee não consegue canalizar chakra e, por isso, não pode usar ninjutsu ou genjutsu. Dessa forma, a maioria das pessoas o desencorajava ao tentar tornar-se um ninja, e, quando ele finalmente conseguiu ser um genin e entrar para um time, Hyuuga Neji reafirmou que alguém sem ninjutsu e genjutsu não poderia ser ninja. Sua crença sobre o destino o impedia de considerar que alguém pudesse alcançar alguma melhoria com esforço e trabalho. Para o Hyuuga, cada um nascia com sua capacidade medida e selada. Lee discordava violentamente dessa visão e insistia em desafiar o colega de time, apesar de sempre ser derrotado no final.
Neji foi obrigado a reconhecer a capacidade de seu colega durante o Chuunin Shiken, quando Lee lutou muito bem contra Gaara, e mais tarde acabou desistindo de seu conceito de destino ao ser derrotado por Naruto nas finais do torneio. Atualmente, os dois alunos de Maito Gai têm uma relação amigável e trabalham muito bem em equipe.
Para medir suas habilidades, Rock Lee desafiou Uchiha Sasuke antes da segunda fase do Chuunin Shiken, querendo testar seu taijutsu contra uma kekkei genkai (Sharingan). Lee ganhou a batalha, deixando Sasuke temporariamente em choque diante de alguém tão mais forte que ele. Depois que Naruto falou para o colega que Lee havia alcançado aquele patamar depois de treinar muito e que Sasuke não estava treinando o suficiente, Sasuke ficou ainda mais determinado e até chegou a usar a técnica que Lee havia usado contra ele (o Kage Buyo) durante as preliminares.

Abumi Zaku ficou furioso depois que Uchiha Sasuke quebrou seus braços na Floresta da Morte, e estava determinado a vencê-lo, mas foi derrotado por Aburame Shino.





Durante as preliminares do Chuunin Shiken, Rock Lee foi o primeiro a conseguir quebrar as barreiras primárias de defesa de Gaara, usando o Hachimontonkou. Gaara, por sua vez, se descontrolou diante de alguém que conseguia superar sua técnica e quase matou o adversário no fim da luta.
Gaara ajudou Lee a derrotar Kimimaro, algum tempo depois.

Durante a luta nas preliminares do Chuunin Shiken entre os primos Hyuuga Hinata e Hyuuga Neji, Uzumaki Naruto encorajou a garota a lutar mesmo depois de Neji ter usado uma enorme pressão psicológica para fazê-la desistir. Hinata foi massacrada ao longo da luta, mas continuou lutando até o final, acabando machucada demais para continuar. Ao fim da batalha, Naruto pulou para a arena, passou os dedos no sangue que a kunoichi tossira no chão e prometeu derrotar Neji. O Hyuuga simplesmente debochou do desafio, mas os dois acabaram emparelhados na luta final. Por fim, Naruto ganhou, provando para o adversário aquilo que Hinata e Lee demonstraram ao longo de suas lutas: até mesmo o pior dos ninjas pode superar um gênio com esforço e treino.

Desde que os genins de Suna chegaram a Konoha, uma tensão surgiu entre Gaara e Uchiha Sasuke. Gaara imaginava que seria bom matá-lo e estava ansioso por lutar com ele, enquanto Sasuke queria lutar com o jinchuuriki para medir sua evolução como shinobi. A luta dos dois, nas finais do Chuunin Shiken, foi interrompida por causa da invasão de Suna e Otogakure. Apesar de o Uchiha ter perseguido o adversário, não conseguiu terminar a batalha, porque esgotara suas energias, e passou a ter de lutar contra o Selo Amaldiçoado.

Em princípio, Gaara só tinha interesse em lutar contra Uchiha Sasuke. No entanto, depois da interrupção do Chuunin Shiken na invsão de Suna e Otogakure, Uzumaki Naruto lutou contra ele para salvar a vida de Sakura, e Sasuke também. Como resultado, os dois acabaram lutando seriamente. Gaara liberou totalmente o Shukaku e Naruto usou o chakra da Kyuubi para poder invocar o Gamabunta. Naruto ganhou e acabou fazendo amizade com o outro jinchuuriki.

No Chuunin Shiken, Aburame Shino estava na espera pela batalha contra Kankurou, mas o mestre das marionetes desistiu antes mesmo de iniciar a luta. Por causa disso, Shino seguiu o sunanin quando este fugiu da arena com os irmãos, e fez questão de lutar contra seu adversário.



Não se sabe o que levou esses dois amigos a se tornarem rivais, mas a dupla protagonizou uma luta épica no Vale do Fim, e por isso foram construídas duas estátuas enormes para representá-los.




Assim como Naruto e Sasuke, Jiraya e Orochimaru eram colegas de time com personalidades e estilos opostos. Orochimaru era um gênio aclamado, e Jiraya era o aluno pervertido que ficava para trás. Quando Orochimaru traiu Konoha, Jiraya perseguiu o ex-colega para tentar trazê-lo de volta, mas acabou desiludido.

Konohamaru almeja o cargo de Hokage – inicialmente com o intuito de ser conhecido pelo próprio mérito, e não como “neto de Sandaime” – e vê Uzumaki Naruto como um rival no caminho para obter esse título. Em Naruto Shippuuden, no entanto, Konohamaru afirma que será o Nanadaime (Sétimo), porque Naruto será o Rokudaime (Sexto).

Nara Shikamaru lutou contra a única kunoichi a fazer parte das finais do Chuunin Shiken e, apesar de quase ninguém acreditar no potencial dele, fez uma luta emocionante e quase conseguiu a vitória. Desde então, os dois formaram uma amizade cheia de comentários sarcásticos.


Copie esse post para seu Blog

Nenhum comentário: